Basta apenas creer


Com pessoas como Ele você pode sentir inmerso em uma atmosfera de antaño Dizendo que a lucidez de sua memória é um espetáculo,  que do casual ao criativo que pode sair da sua boca, sonhando e te inspirando por querer viver garra esta vida.

(Com personas como el te puedes sentir inmerso en una atmosfera de antaño, sobra decir que la lucidez de su memoria es un espectaculo; de lo casual a lo crativo que puedes salir de su boca, soñando e inspirandote para querer vivir con ganas esta vida.) Parte original do texto acima.

“E eu aprendi isso da pior maneira, quando não via mais expectativa de nada e não me importava com que os outros falavam.

Prazer, meu nome é Antônio e eu conheci Deus no maior dos obstáculos que a vida pode nos dar, a morte. Sim a morte, aquela que vem sorrateira, sem data nem hora e que coloca a prova todas as nossas convicções, principalmente em que e no que acreditamos. E para minha sorte (ou seria salvação?) toda a minha fé guardada todos esses anos foi manifestada, e percebi – pela primeira vez – que não precisava mais ficar com medo.

Tudo começou em uma manhã de domingo, para ser mais preciso no dia 9 de agosto de 2010. Sozinha em casa, em uma noite fria, com fome e dor, muita dor. Essa mesma dor que me acompanhou durante os quatro meses seguidos. Uma dor, que nem eu mesmo acredito ter conseguido suporta-la, uma dor que deu fim a minha vida.

Depois de muito relutar decidi procurar ajuda, tanto profissional quanto espiritual. O primeiro passo seria ir ao médico  e o segundo era ir em uma igreja ou psicológico,  o objetivo era conversar com alguém que me ajudasse a lidar com que estava passando, e que minimizasse toda essa dor. Por sorte escolhi a primeira opção.

Vocês devem estar pensando: Mas porque ele não para casa ou não ligou quando tudo isso começou? Mãe, pai, a minha resposta para essa pergunta, é que eu não queria que você me vissem no estado que estava, e que sofressem mais do que estão sofrendo. Posso ter sido egoísta, mas essa é a minha forma de dizer “Eu te Amo” e obrigado por tudo que fizeram por mim.

Continuando com o relato dos meus últimos meses, as idas para o hospital começaram a se tornar mais frequentes a cada semana. Confesso que não pensei que o câncer fosse se espalhar tão rápido. Essa doença que te destrói em questões de minutos, horas, semanas e meses. Essa mesma doença que resolveu se manifestar em mim, e me chamar para uma briga que ela já sabia quem seria a vencedora.

O tratamento não foi fácil, os efeitos colaterais menos ainda. Mas a esperança de que isso prolongasse a minha vida, foi crescendo a cada dia. Sobre os procedimentos médico não vou me ater muito, porque vocês vivenciaram um pouco do que eu estava passando. O que eu quero realmente contar nesta carta, é como que eu me aproximei de Deus.

Pai e mãe, mais uma vez eu agradeço a vocês por todo amor que me deram, e por todas as vezes que me obrigarão a ir para a igreja. Hoje eu sei o quanto essa insistência me fez bem.

Não virei devoto de nenhum santo, não cheguei a me batizar, não fiz promessas e não comecei à ir a igreja. Eu sei que vocês devem estar pensando: Mas como então que o Antônio conheceu a Deus? A resposta é simples, pela minha Fé. Essa palavra tão pequena e que tem um grande poder.

Foi por ela que eu comecei a conversar com Deus, foi por ela que eu conheci a sua palavra, foi por ela que a minha força se manteve enquanto eu estava vivo, foi por ela que eu pude ver Deus e escutar a sua voz dizendo: “Meu filho, não se preocupe que em breve você estará sentado ao meu lado, e toda essa dor vai passar.”

E hoje, dia 21 de dezembro, a dor foi embora. Um alívio, tenho que confessar, e a certeza de que chegou a minha hora.”

P.S.1. Esse texto foi escrito para disciplina de Literatura que eu estou fazendo na Universidad Pontifícia Bolivariana – Montería. 
P.S.2.: Todos os sábados eu compartilho no blog Lucidez Feminina o #diariodeviagem, sobre o intercâmbio. 

Anúncios
Publicado em: Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s